domingo, 21 de novembro de 2010

Reflexão Bloguística de Domingo....

Olá meus amigos, leitores, curiosos, seguidores ou não, enfim, vocês mesmo, que vem aqui, indicados por amigos queridos, curiosos, google, ou até por engano, acreditem que mesmo ocupada, fazendo coisas totalmente diferentes, sempre penso no blog, em como é gostoso estar aqui, e saber que vocês fazem parte disso tudo, hoje, recebi amigos especiais que amo muito, e estava justamento falando como é bom, esse novo mundo, "vendendo" meu blog, me descobri uma marketeira bloguistica, e eles disseram, mas Fê, que coisa boa te ver assim, empolgada desse jeito...feliz...Ai o que pensei? Será? Será que eu precisava de algo pra fazer? me ocupar?Mas... pensei...4 filhos, sendo que 3 moram comigo, acordam 6 hs da manhã pra ir na escola, retornam as 13 hs, durante a manhã tenho que organizar casa, comida, e atividades extras, como meus médicos e exames, compras da semana, ajudo minha madrasta que é médica com a sua agenda, pago suas contas e administro coisas que ela não tem tempo, essa atividade me dá um rendimento extra, que antes era uma renda, mas justamente por me tomar todo tempo, passaram a ser somente essas coisas, alem disso, minha filha Laura faz atividades extras na escola 3 x na semana a tarde, e tenho 2 cães, que necessitam de cuidados, trabalho em uma emissora de televisão, mas estou no inss já faz 1 ano, mas isso me faz ter compromissos tambem para minha recuperação, já larguei a faculdade 2 x, tenho um curso tecnico inacabado,e vários que mal iniciaram, tenho 2 telefones que vivem tocando, dou "assistência" a Gaby e a Lara, minha madrasta, meus amigos, meu marido...até agosto(mês de nascimento do blog)eu tinha empregada e faxineira, mas agora, estou apenas com faxineira, e mesmo assim resolvi ter um blog??? louca???Imaginem que meus amigos falaram? já que mal consigo retribuir uma visita??Doidera?Não .....muito pelo contrário, válvula de escape, no inicio, eu lembro perfeitamente, que quando iniciei, estava me sentindo depressiva, triste, achava que nunca teria um seguidor, ou comentários, que nada do que eu falasse seria interessante, via blogs como o da Fê Reali, ou do Alexandre do Lost In japan, namorava os cantinhos da Elza, da Elaine Gasparetto, conversava com a Fabi....enfim...sonhava, sonhava que faria parte desse grupo!!!A Maura e a Ly me incentivando, ajudando a ter coragem, o que as vezes parece simples, depois nos faz tremer na base, recebi um email de uma amiga de coração, que a considero uma irmã mais velha, elogiando minha forma de escrever, de interagir, mal sabe ela que foi uma das maiores incentivadoras, até chorei na hora que li.Comecei a ler elogios, e as vezes dicas que me faziam ganhar o dia...quando penso em um sorteio pra vcs, penso como se fosse dar um presente aos amigos mais queridos mesmo, sou de peixes lembram? Minha mãe dizia, que tinha que cuidar pra que eu não distribuisse presentes pra vizinhança inteira, pois tenho esse hábito desde de criança, nas épocas mais dificieis financeiramente, foram as que mais criei, criava doces, bolos, montagens em papel, mas nenhum amigo meu, ficavam sem uma lembrança minha, gosto de dizer o quanto amo, e acho isso saudável.Escrevo essa imensa carta, pra agradecer a todos, por esses 3 meses, tão legais que estamos juntos, que respeito muito o mundo blog, que me perdoem os erros de escrita, e os posts sem acento(tenho dificuldade nesse note, com os acentos), também quero que saibam, que estou me sentindo mais forte, ainda tenho crises de pânico, mas estou aprendendo a lidar com elas, que resolvi fazer acadêmia pra emagrecer e cuidar da minha saúde, que estou mais carinhosa que antes, mais prendada...mais análitica...ahh que tenho um twuitter e não tenho medo de usar...E isso, foi com a ajuda de todos que por aqui andam...passeiam...MUITO OBRIGADA...

Gente, falo tanto em minha mãe né? Hoje vou mostrar a vocês umas fotos dela, muito bonitas, da época em que moravamos no Rio de Janeiro, eu achei no meio de um livro do Castaneda(A erva do diabo), que era dela e estava guardado, tenho pouquissimas coisas materiais dela, apenas livros, e um broche com o brasão da familia, mas tenho uma coisa que ela me deixou que é muito valiosa, minha vida, e sei que depende só de mim cuidar, com todo amor que ela o fez...


Nesta aqui, ela conta que estavamos na chegada do papai noel no Rio...



Nessa ela e seu pai e irmão Eduardo, no frio da Argentina, como as fotos antigas são mais elegantes não acham?



Minha bisa, avó da minha mãe, uma das pessoas que ela mais admirava, avó Violeta, as mulheres da familia, em grande parte tinham nome de flores, a mãe da minha mãe se chamava Açucena, minha mãe Susana(flor de lirio), eu me chamo Fernanda Sahira, o segundo nome, ela colocou assim por que existia onde moravamos, no Mato Grosso, muitas sairas, e ela recebeu durante a gestação visita de uma saira de 7 cores, e ela fez com a letra H antes do I pela numerologia...meu pai queria apenas Fernanda, mas ela fezs questão disso(conforme ela falava)...e olhe coisas muito importantes em minha vida, aconteceram por causa do Sahira...




Nesta foto, estamos em Porto alegre, minha mãe com minha falecida irmã Samara no colo, meu irmão Ariel na barriga, e euuuuuu toda boba querendo colinho tambem rsrsrs



e aqui ela um bebe....lindo não acham??




Talvez, não seja interessante um post tão grande, com fotos de familia, mas essa foi a maneira de dizer que adoro vcs, compartilhando meus pensamentos e um pouco das minhas melhores lembranças...Um beijo carinhoso a todos, e fiquem com Deus, que a semana seja feita de muito carinho, e realizações...


Ahhh e não deixem de participar do sorteio pessoas;;;


Fernanda Sahira Traverso dos Santos

16 comentários:

  1. Fê....que felicidade! Nunca ganhei tantos presentes de uma só vez. rsrsrsr.
    Peguei com o porteiro 6ª a noite qdo cheguei da facul. Não te avisei antes pq tô sem net em casa. Vou fazer um post hj ainda, na hora do meu almoço. Tem um agradecimento especial da bibi. Beijos
    Amei tudo !!!! muito obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Fê, eu me emocionei muito lendo este post e vendo as fotos. Amo fotos antigas!
    Sabe, acho lindo você contar um pouco de sua estória, e o quanto já superou. Você é guerreira, forte!!!
    Obrigada por compartilhar um pouco de sua vida conosco, é uma alegria pra mim!
    Beijosssssssss pra ti
    Vero

    ResponderExcluir
  3. ah! queria ver a foto que vc disse que ela se parece comigo! coloca aí pra eu ver...bj.

    ResponderExcluir
  4. Oi Fer! Que alegria ler seu post. É imenso sim, mas vc escreve com a alma e isso é que faz a diferença. Te admiro! Parabéns pelos 3 meses do blog. O tempo passa rápido demais, não é mesmo? Parece que te conheço a muito mais tempo rsss. O mundo dos blogs é maravilhoso e nos permite conhecer pessoas incríveis todos os dias. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Fê,

    Que post emocionante! Tanto sentimento em cada palavra.
    Muito lindas as fotos de sua mãe, realmente as fotos antigas tem uma beleza peculiar, uma pena que naquela época não era tão acessível. Minha mãe tem apenas uma foto dela quando criança. =]
    Obrigada por compartilhar um pouco da sua história conosco.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ai que lindo esse post!! Me perdoeee de não aparecer por aqui nas ultimas semanas, eu olho rapidinho (mas comentario que é bom nada hehe)e já ia participar da promoção, sério!É que tenho estudado para vários concursos, aí não tenho comentado nos blogs quase, passo só espiando quando tenho um tempinho.
    Bjoo e desculpe o sumiço!

    Cláudia

    ResponderExcluir
  7. Fernanda, que fotos lindas!
    E que vida corrida que tu tens! Parece com a minha...

    Sabe quando você comentou no blog que foi agredida por falar de síndrome do pânico? Queria te dizer que falar ajuda a todo mundo pois tem muita gente sofrendo do mesmo mal e achando que é só ela... falar tira o estigma. E quem não gostar aperte o x.
    Certo?
    Beijos e obrigada por me citar no post!

    ResponderExcluir
  8. Fernanda,
    Seus posts estão ficando cada vez melhores, deve ser porque você sempre escreve com o coração :)
    Adoro saber mais sobre você e sobre sua mãe, que obviamente era uma mulher cheia de cultura e que privilégio você ter herdado isso dela.
    Eu também passava as tardes sozinha, vendo blogs e me admirando com tudo o que estava acontecendo. Acredita que eu tinha medo de não saber fazer um pra mim?
    Mas tive coragem e meu marido me ajudou (ele é fera no computador) e foi minha melhor decisão.
    Se não, como eu iria conhecer pessoas tão legais assim como você :)
    Parabéns pelo seu blog cheio de sentimento e mesmo quando você fica uns dias sem aparecer, eu sempre volto!
    bjs.

    ResponderExcluir
  9. Tive o prazer de conviver um pouco com Susana, a musa do minha mãe..., mulher de beleza clássica cujo
    forte sotaque espanhol lhe atribuia um charme especial, poetisa sem rimas, sem métrica mas com mui-
    ta alma. Nas linhas e nas letras deixava a marca de suas dores, das suas perdas. Tinha o coração libertário desde a adolescencia, uma adolescencia plena de ideiais políticos quase românticos que a fez perder prematuramente a inocência. Dela lembro
    o cuidado com os filhos, a netinha bebê Gaby, as ofertas de manjericão de sua hortinha- para que eu provasse macarrão ao Pesto- que eu recusava educadamente. Talvez a herança
    mais preciosa que Susana tenha deixado para Fernanda
    Sahyra tenha sido a habilidade com as letras e linhas
    e o amor aos seus filhos. Um beijo Nanda. M.Balz

    ResponderExcluir
  10. Post legal, fotos lindas!
    Amiga eu já estou participando do seu sorteio, viu não? Até coloquei no twitter...
    Posso colocar meu nome de novo?...rsrsrsrsr!!!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  11. que post lindo, as imagens de família, o sentimento que vc descreveu aqui... fez um bem de ler, ao refletir sobre o tema.
    E adorei ter sido citado aqui. Vc é uma blogueira muito bacana, gosto muito dos seus posts, deste blog. Não acompanho por retribuição mas sim por gostar mesmo.

    Escreve sempre ai o que vc pensa, o que vc sente...esse é o caminho. E que bom que um dia vc tb sentiu que era seu caminho blogar.

    bjs, bom dia Fernanda!

    ResponderExcluir
  12. OI,Fernanda querida !

    Que delícia de post.....cheio de emoção e amor !! Sua mãe é lindaaaaaaaaa...e pelo jeito isto é de família, né? Adoro fotos antigas e quando são cheias de amor ainda melhores!!!


    Beijão
    Helena
    http://diaadiacorridinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Fe,

    Me emocionei agora, que linda sua mãe. Estarei em Porto Alegre nas festas de final do ano, só retornarei para Sinop no dia 20 de janeiro. A cidade fica há 500 km de Cuiabá, mas numa dessas dá a sorte de estarmos lá na mesma época. Seria ótimo conhecê-la pessoalmente, poder te dar uma abraço e compararmos quem precisa pendurar as chuteiras antes, kkk.
    Grandes beijos e muita saudade.

    ResponderExcluir
  14. Oi Fernanda, que post lindo!! Achei tão sincero, tão delicado! Me emocionei! Obrigada por compartilhar isto tudo com a gente! Beijos e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  15. Oi querida que postagem maravilhosa familia é tudo bjs.

    ResponderExcluir
  16. Estou sempre por aqui, viu. E vc está melhor? Bjs

    ResponderExcluir

Oba vai deixar um comentário? Obrigada!!!

Quer conhecer uma loja fofa e cheia de novidades?
www.casadesahira.com.br:
sahirasantos@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...